28/08/16

MINHA PLAYLIST FAVORITA DO MOMENTO

YAY migos, tudo bem? Ao invés de a gente falar do meu sumiço básico, nós podemos falar de música, né? Porque eu ainda continuo ouvindo os meus indies, e mais um monte de coisas. Ainda tô bem morrida com as parcerias do Troye Sivan com a Alessia, a música nova do OneRepublic é só amor, e tem a parada eletrônica do Chainsmokers que eu tô amando (essas pegadas mais leves, igual thief, fadded, e fast car, sabe?). Então eu misturei todas elas e montei uma playlist favzona, se eu fosse vocês já baixava tudo!


Eu tô claramente apaixonada por essas músicas, sério mesmo! Espero que tenham gostado delas tanto quanto eu, falem comigo sempre que quiseram lá no twitter (wildbru), e volto logo por aqui, até a próxima.

09/07/16

SOBRE PADRÕES E AMOR PRÓPRIO

O problema sempre vai começar quando você culpar a si mesmo, independente da situação, quando se culpa, automaticamente, é você quem esta criando todo o problema. Preste atenção, o lugar onde vivemos não parece o melhor para aceitações, não quando questões insignificantes ganham espaço sobre quem deveríamos ser, não quando amor fica atrás de mudança. Você precisa de um posicionamento, de uma tribo, não é? É claro que não. Você não precisa fazer nada! Sabe, eu sou uma garota, e isso nunca me impediu de assistir meu time de futebol ou gostar de super-heróis. Por que as pessoas ligam tanto para isso? Por que todo mundo questiona tudo? E por que raios você liga para elas? Vamos esclarecer uma coisa: todas as vezes que algo nos faz mal, só faz porque nós deixamos fazer, anote aí na capa do seu caderno e leve para a vida. Insegurança serve para dificultar todos os seus desejos, mas se ela não existir, todas as vezes que conseguir algo que precisa atravessar o medo, vai ser fraco, e tão vazio, porque não vai existir a superação, entende? Uma vez me disseram que se não for para alguma coisa sair errado, nem faça. É que as coisas boas te trazem prestígio, mas lá no fundo, elas nunca te ensinam. Se não for para ser o que deseja, se não for para atravessar o seu medo, porque é que se vive? Se vive de quê? Pra quê? Você pode ser único, pode cometer os seus melhores eros, e fazer o que quiser, porque quis assim. Se arrisque, e em nenhuma situação, tenha medo de ter um coração partido. 
Talvez, se eu planejasse o que preciso fazer amanhã, onde eu deveria ir, ou arrumasse a minha cama nas manhãs, a minha vida fosse mais organizada, mas não seria a minha vida. Se eu ligasse para as coisas que me impõem como certas, não seria a minha vida, se eu tentasse seguir algo porque me disseram que é um caminho seguro, ainda assim não seria a minha vida. Ela ainda não parece o meu sonho de consumo, mas eu vou arrumando ela sozinha, do meu jeito. Minha mãe me ensinou a não odiar nada, mas eu odeio muitas coisas. Eu odeio as pessoas que tem a audácia de questionar algo que elas nem estão fazendo, eu odeio o preconceito contra quem está sendo o que gosta, e eu odeio todos os padrões de beleza.
O seu cabelo é maravilhoso, as marcas no canto dos seus olhos e cada dobrinha que a sua barriga fizer. Não existe ninguém igual à você, sinta orgulho disso. Sinta orgulho da sua opinião aleatória e das suas palavras autorais, dos seus óculos e dos seu jeans rasgado, das suas dúvidas e de cada incerteza que atrapalhar o seu sono. A gente precisa crescer, e ser grande o suficiente para amar de volta quem nos faz bem, amadurecer, para entender o quanto estamos expostos em quedas livres grandes, e ainda assim, segurança, para saber que sempre quando se levantar delas, a vida vai te deixar mais forte. Você vai aprender todas essas coisas, e vai ser muito feliz. Primeiro as provas, mas para si mesmo, porque seja quem for, você consegue, confie em mim.
E outra coisa, o primeiro passo para todos os outros, é prometer para você mesmo, que ninguém pode ter poder algum sobre as suas ideias, seu corpo e seus direitos, fator simples, é tudo seu. Se ame, moça! Crie as suas próprias concepções do mundo, suas próprias causas, a sua própria política, e principalmente, os seus próprios padrões. Ninguém é mais bonito por pesar quarenta e cinco e ter a pele clara, isso também é bonito, mas nunca existiu só um tipo de pessoa, e um tipo de beleza. Porque bonito mesmo é ser simples, honesto e de verdade. As revistas mentem, você é linda!


28/06/16

O QUE EU ANDEI FAZENDO ANTES DAS FÉRIAS

Ouçam meus gritos de felicidade, porque eu finalmente estou de férias! Acho que esse foi o semestre que mais me dediquei na faculdade, me surpreendi com meus resultados e as minhas notas, porque algumas matérias eram bem complicadas. Para isso, precisei de alguma madrugadas estudando, e o bloguinho andou meio só. Masssss por outro lado, eu resolvi colocar todo o meu sumiço do fim de maio até agora, num único post (adorei isso mano, ficou parecendo um diário). Ah, e agora eu tempo um montão de tempo, e isso significa um montão de posts.
1. Essa foto é de quando ainda tinha sol aqui em São Paulo, porque a gente enfrentou uma onda fria das fortes, o inverno mal começou, mas eu já estou morrendo de saudade do verão.

2. Eu finalmente fiz a tatuagem que estava querendo à meses, e estou apaixonada por ela, eu ainda não tinha nenhuma, e talvez já tenha outras ideias. Tatuei a parte interior do bíceps, e juro por deus que não doeu nada, vai por mim miga, se você já teve cólica, tatuar o bíceps é padrão cócegas.

3. Essa é a roda gigante que estava no estacionamento do shopping, mas eu falei sobre isso e o photoshoot que ela rendeu, no post anterior.

4. Usei muuuuito delineador gatinho nesses últimos meses, mas de uns dias pra cá, estou viciada nesse modelo que pega a metade da pálpebra móvel, o olhar fica ainda mais aberto (mesmo eu já tendo um puta olho esbugalhado).

5. Minha cara de "quando alguém está falando mal das minhas músicas", serviu para mostrar o quão grande meu cabelo está. A minha cabeleireira estava doente, agora ela está melhor, mas eu acabei gostando dele assim nesse meio tempo, grande, e acho que não vai ter mais corte.
6. Nós paulistas já estamos cientes e acostumados à presenciar as quatro estações do ano num único dia, então é bem normal sair com vestido de manhã e voltar com moletom por cima, mas eu acho a combinação um amorzinho.

7. Amo quando minha prima dorme na minha casa de sábado para domingo, e as fotos na varanda escura que isso rende.

8. Precisamos nos encorporar de personagens do cinema para um trabalho da faculdade, e se você achou que nunca veria Samara Morgan e Holly Holightly numa mesma foto, seu problemas acabaram (ou não!).

9. As provas regimentais foram no começo de junho, eu foquei tanto nelas que todos os lugares da minha casa tinham resumos espalhados (porque resumos manuscritos ainda vão salvar o mundo)

10. Essa é outra foto por causa da faculdade, o trabalho em si era em vídeo, mas o lugar era lindo, eu e a Thati batemos vários flashes entre um intervalo e outro, e também tem um post só sobre isso aqui.

11. Estava arrastando minha cama na semana passada, e achei um monte de fotos espalhadas, inclusive a minha turma do terceirão fantasiada de caipira. Se eu amei??? 

12. Outra foto do ensaio dos filmes, mas agora eu e Thati junto com a Pri.
13. Esse grafite está na rua de baixo da minha casa, desde uns dias após a notícia do estupro coletivo no Rio de Janeiro ter circulado o mundo. Ele foi feito por alunos da escola onde eu estudei praticamente a vida inteira, e é a forma mais maravilhosa de protesto, a arte. Violência nunca foi culpa da vítima, e você precisa propagar essa ideia sempre, empoderar, amar, e lutar junto com ela.

14. Eu fotografei o chá de bebê da minha amiga, falta só um mês para o Pietro chegar. Ela divulgou as fotos, e acredita que já apareceu outras coisas para fotografar?

15. O nosso trabalho estava participando do concurso da sala, e a Jaez (nome que a gente colocou no nosso grupo) foi a vencedora, fui eu quem editou o vídeo, com as filmagens do Arthur, áudio do Octávio, Pri de atriz e Thati de assistente geral. E essa é a Jaez (antes que vocês nos achem malucos, cada grupo publicitário precisa ter um nome de "agência", sabe?). Teve Ferrero Rocher para comemorar nosso primeiro concurso ganho juntos ❤

16. Apreciem uma foto da série "minha vida só não é mais bagunçada que a minha cama". Obrigada!

17. E em outras partes dos meus tempinhos livres, estava pelo Tumblr, que com certeza é o lugar de onde vem metade das inspirações que eu tenho. Ou pelo Twitter, que também uso bastante!

Ufa, realmente dá para fazer um milhão de coisas em dois meses não é? Isso tudo me fez ter bastante ideias novas, então eu volto em breve, até a próxima!