07/09/16

VERMELHÃO, BY TRACTA

Eu sou muito apaixonada por batom escuro, principalmente os que puxam do vermelho pro vinho, uso tons assim muitas vezes na semana, mas os vermelhos intensos também são lindos, né? Me sinto bem mais à vontade com os mattes, sério, faz muito tempo que eu não uso nada na boca que seja 100% cremoso. Então, vim mostrar pra vocês o meu Tracta novo, a cor dele é a numero cinco, e o nome é "Amei".
Já usei ele umas três vezes, e a cor fica muito intensa mesmo depois de comer, a cobertura é muito seca, o que eu acho maravilhoso, mas é bom passar uma camada fina de balm antes, pra evitar aquele efeito craquelado, sabe? Depois que ele seca, o resultado fica igual mesmo depois de horas.
Estou apaixonada por ele, e desejando um nude, que deve ser só amô! Espero que tenham gostado, e a gente se vê em breve. Até a próxima!

28/08/16

MINHA PLAYLIST FAVORITA DO MOMENTO

YAY migos, tudo bem? Ao invés de a gente falar do meu sumiço básico, nós podemos falar de música, né? Porque eu ainda continuo ouvindo os meus indies, e mais um monte de coisas. Ainda tô bem morrida com as parcerias do Troye Sivan com a Alessia, a música nova do OneRepublic é só amor, e tem a parada eletrônica do Chainsmokers que eu tô amando (essas pegadas mais leves, igual thief, fadded, e fast car, sabe?). Então eu misturei todas elas e montei uma playlist favzona, se eu fosse vocês já baixava tudo!


Eu tô claramente apaixonada por essas músicas, sério mesmo! Espero que tenham gostado delas tanto quanto eu, falem comigo sempre que quiseram lá no twitter (wildbru), e volto logo por aqui, até a próxima.

09/07/16

SOBRE PADRÕES E AMOR PRÓPRIO

O problema sempre vai começar quando você culpar a si mesmo, independente da situação, quando se culpa, automaticamente, é você quem está criando todo o problema. Preste atenção, o lugar onde vivemos não parece o melhor para aceitações, não quando questões insignificantes ganham espaço sobre quem deveríamos ser, não quando amor fica atrás de mudança. Você precisa de um posicionamento, de uma tribo, não é? É claro que não. Você não precisa fazer nada! Sabe, eu sou uma garota, e isso nunca me impediu de assistir meu time de futebol ou gostar de super-heróis. Por que as pessoas ligam tanto para isso? Por que todo mundo questiona tudo? E por que raios você liga para elas? Vamos esclarecer uma coisa: todas as vezes que algo nos faz mal, só faz porque nós deixamos fazer, anote aí na capa do seu caderno e leve para a vida. Insegurança serve para dificultar todos os seus desejos, mas se ela não existir, todas as vezes que conseguir algo que precisa atravessar o medo, vai ser fraco, e tão vazio, porque não vai existir a superação, entende? Uma vez me disseram que se não for para alguma coisa sair errado, nem faça. É que as coisas boas te trazem prestígio, mas lá no fundo, elas nunca te ensinam. Se não for para ser o que deseja, se não for para atravessar o seu medo, porque é que se vive? Se vive de quê? Pra quê? Você pode ser único, pode cometer os seus melhores eros, e fazer o que quiser, porque quis assim. Se arrisque, e em nenhuma situação, tenha medo de ter um coração partido. 
Talvez, se eu planejasse o que preciso fazer amanhã, onde eu deveria ir, ou arrumasse a minha cama nas manhãs, a minha vida fosse mais organizada, mas não seria a minha vida. Se eu ligasse para as coisas que me impõem como certas, não seria a minha vida, se eu tentasse seguir algo porque me disseram que é um caminho seguro, ainda assim não seria a minha vida. Ela ainda não parece o meu sonho de consumo, mas eu vou arrumando ela sozinha, do meu jeito. Minha mãe me ensinou a não odiar nada, mas eu odeio muitas coisas. Eu odeio as pessoas que tem a audácia de questionar algo que elas nem estão fazendo, eu odeio o preconceito contra quem está sendo o que gosta, e eu odeio todos os padrões de beleza.
O seu cabelo é maravilhoso, as marcas no canto dos seus olhos e cada dobrinha que a sua barriga fizer. Não existe ninguém igual à você, sinta orgulho disso. Sinta orgulho da sua opinião aleatória e das suas palavras autorais, dos seus óculos e do seu jeans rasgado, das suas dúvidas e de cada incerteza que atrapalhar o seu sono. A gente precisa crescer, e ser grande o suficiente para amar de volta quem nos faz bem, amadurecer, para entender o quanto estamos expostos em quedas livres grandes, e ainda assim, segurança, para saber que sempre quando se levantar delas, a vida vai te deixar mais forte. Você vai aprender todas essas coisas, e vai ser muito feliz. Primeiro as provas, mas para si mesmo, porque seja quem for, você consegue, confie em mim.
E outra coisa, o primeiro passo para todos os outros, é prometer para você mesmo, que ninguém pode ter poder algum sobre as suas ideias, seu corpo e seus direitos, fator simples, é tudo seu. Se ame, moça! Crie as suas próprias concepções do mundo, suas próprias causas, a sua própria política, e principalmente, os seus próprios padrões. Ninguém é mais bonito por pesar quarenta e cinco e ter a pele clara, isso também é bonito, mas nunca existiu só um tipo de pessoa, e um tipo de beleza. Porque bonito mesmo é ser simples, honesto e de verdade. As revistas mentem, você é linda!